Arquivo da categoria: Uncategorized

2012 – Odisseia x 2

Este slideshow necessita de JavaScript.

2011 foi um ano fantástico. Foi o ano em que enfiei uma argola metálica no dedo juntamente com a única mulher do mundo que tem paciência para me aturar. Foi um dia especial do qual certamente nunca me irei esquecer. Foi também o ano em que fiz a minha primeira ultra maratona e saí dela com vida. O vício apoderou-se de mim. Tomei o gosto às endorfinas.

Mas o grande acontecimento de 2011 prevê-se que se concretize em Maio de 2012. Vou participar numa das mais duras provas físicas e mentais que alguma vez existiram. A logística é complexa, o trabalho de equipa será fundamental e a capacidade de resistência será explorada ao limite. Sempre em carga. Sempre atento. Non stop. Mas como em todas as provas o mais importante é não desistir, olhar para os obstáculos com o pensamento que sim, que é possível vencer, e usufruir de todos os momentos na plenitude.

Daqui a um par de anitos espero voltar às provas de trail. Nessa altura, se tudo correr bem, poderei ter inscrito na t-shirt:

YOU CANNOT SCARE ME. I HAVE TWINS!

Um 2012 cheio de desafios para todos!

 

Morning jog @ Serra da Freita

Ceú ligeiramente nublado. Temperatura moderada. Boa companhia. What else?

Juntamente com o Bruno Arteiro e o Miguel Catarino fomos trilhar o percurso do Mini Trail da Serra da Freita. Penso que desta vez a subida da Misarela custou-me mais do que na UTSF… As pernas entraram em greve e recusaram-se a sofrer. Deveria ter comido alguma coisa a meio da corrida para aguentar a carga… Valeu a miragem de um fino no Merujal para me içar até lá acima : )

Lição de vida: Em corridas com mais de 10 k tenho mesmo de enfiar qualquer coisa pelas goelas abaixo ainda que não sinta fome sob pena das pernas se recusarem a cooperar na brincadeira.